Cidades sustentáveis são tema da 3ª reunião do Comitê Gestor do CITinova-MCTIC

Marcelo Marcos Morales, secretário de Políticas para Formação e Ações Estratégicas do MCTIC, participou com contribuições para o avanço do projeto
por ASCOM - publicado 04/02/2020 10h26. Última modificação 04/02/2020 11h26.

Gabriela Fonseca

Gabriela Fonseca

Cidades sustentáveis são tema da 3ª reunião do Comitê Gestor do CITinova-MCTIC

O Comitê Gestor do CITinova-MCTIC realizou sua 3ª reunião nesta segunda-feira, na Casa da ONU, em Brasília. Com abrangência nacional e atividades específicas em Recife e Brasília, o CITinova-MCTIC é um projeto multilateral realizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), com apoio do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF, na sigla em inglês), implementação do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), e coexecução das instituições ARIES/Porto Digital, Secretaria de Meio Ambiente (Sema), do Governo do Distrito Federal (GDF), Programa Cidades Sustentáveis (PCS) e Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE).

O objetivo da 3ª Reunião do Comitê Gestor foi reunir os coordenadores-executivos e as equipe das instituições coexecutoras para troca de informações e experiências. Cada coordenador executivo apresentou os resultados e obstáculos enfrentados em 2019 e o planejamento e os desafios para este ano.

A reunião contou com a presença do secretário de Políticas para Formação e Ações Estratégicas (Sefae) Marcelo Marcos Morales, do coordenador Geral do Clima (CGCL), Marcio Rojas e da diretora nacional do CITinova-MCTIC, Marcela Aboim Raposo, que assumiram a direção do projeto no ministério.

Ao dar início à reunião, o secretário Morales destacou a importância das soluções tecnológicas e dos instrumentos colaborativos apresentados pelo CITinova-MCTIC para auxiliar os tomadores de decisão na urbanização sustentável das cidades brasileiras. "O MCTIC pode dar escala a esse projeto. A sustentabilidade das cidades é urgente e o projeto tem ferramentas científicas que podem instrumentalizar a tomada de decisão dos prefeitos para que tornem as cidades mais sustentáveis e que possam mitigar os impactos das mudanças climáticas”, afirmou.

Asher Lessels, Gestor de Portfólio do PNUMA, destacou a importância do evento para o progresso do projeto: “Vendo as enchentes e deslizamentos nas cidades de Minas Gerais, fica ainda mais evidente a importância do projeto para todas as cidades do Brasil,” disse. “Temos urgência."

Para Alessandra Andreazzi Peres, subsecretária de Assuntos Estratégicos da Sema/GDF, encontros como este são muito importantes: “Nossa equipe vem com muita vontade de aprender e também de apresentar o que encontramos de facilidades e dificuldades para a melhor forma de execução e para mantermos o ritmo da gestão e da execução".

Cidades sustentáveis são tema da 3ª reunião do Comitê Gestor do CITinova-MCTIC

Voltar ao topo